Casa.

Existe um sentimento de quando você está com alguém, que faz com que tudo pareça menor. A sensação de que você está em casa com a sua família. Seus avôs que estão casados há 40 anos fizeram o jantar, tem todos os seus pratos favoritos. Os parentes chatos não conseguiram aparecer, e você ganha um sentimento de paz. Parece o lugar certo, você não precisaria fugir para qualquer outro lugar, você pertence a aquela cadeira de madeira perto de um copo de cerveja. Você escuta amor em algum lugar, como se você fizesse parte de uma base humana que construiu impérios e destruiu os mesmos sem pensar duas vezes. Algo que fosse maior do que você mesmo, mas estivesse dentro da sua própria fibra de ser. Ela olhou sorrindo para você, e por um momento você está nesse lugar, você percebe que você está em casa. E talvez você nunca tenha como partir.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Charles Bukowski.

Astronauta

Devolvida ao remetente